sábado, 13 de abril de 2013

INAUGURAÇÃO DOS CORREIOS DE SANTA COMBA


Foi Inaugurado o Edifício dos CTT de Santa Comba da Vilariça

    A importante freguesia de Santa Comba da Vilariça, deste concelho, esteve ontem em festa por motivo de inauguração do novo edifício dos correios, construído pela Senhora D. Noémia Nair Guerra de Sousa Pinto e seu marido Sr. Dr. José Augusto de Sousa Pinto, médico dos CTT, residentes no Porto e importantes proprietários naquela freguesia.
    Presidiu ao acto o Sr. Dr. António Vaz Pimentel, em representação do Sr. Dr. José Damasceno Campos, Governador Civil do Distrito que por motivos de inadiáveis não pode estar entre nós, sendo acompanhado pelos srs. Carlos de Melo, representante do Correio-Mor, Armando dos Santos Ferreira, Chefe de Exploração dos CTT da Província;  Luís Sampaio, Chefe da Circunscrição Técnica; Domingos Magalhães, Técnico representante da construção dos edifícios dos CTT.
    Cortada a fita, foi benzido o edifício pelo Rev.º P.e Álvaro Afonso  pároco da Freguesia, realizando-se seguidamente uma sessão, presidida pelo Sr. Dr. Vaz Pimentel, que assistiram aquelas entidades e os srs. António Assis e Carolino Saraiva, vereadores da Câmara; Dr. Sebastião Duarte de Vasconcelos da Costa Pereira, M.º Juiz da Comarca; Dr. José Augusto Sousa Pinto; Dr. José António Miranda, subdelegado de saúde, Dr. António de Meneses Falcão, notário e conservador do Registo Civil; Eng.º Fernando de Campos Monteiro; Jerónimo Barros, presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários de Vila Flor; António da Silva Gouveia, tesoureiro da Fazenda Pública; Manuel Abrantes Garcia, chefe da Repartição de Finanças, Raul de Sá Correia, chefe da secretaria da Câmara; professores de Santa Comba, Junta e Regedor da mesma freguesia e elevado número de pessoas de todas as categorias sociais.  
(continua)

in, Notícias de Mirandela, 10 de Dezembro de 1967
            

2 comentários:

luis disse...

Bravo.
Num tempo em que tudo, parece que, fecha, uma noticia positiva e que mostra que " o querer tem muita força e se é para acontecer que seja agora"(sic os Deolinda)
Qua as cartas tragam sempre boas noticias.
Luís Rui

manel zé disse...

Olá, caro amigo.
Apesar de hoje em dia a carta já não ser tão usado como dantes, por acaso temos tido a sorte de continuar a usufruir destes serviços. Já uma vez os tentaram fechar, mas o populaça tocou os sinos a rebate e lá se conseguiu convencer as entidades a mantê-los abertos.
Abraço!